Noite Poética do Colégio Brasilis premia alunos

Uma noite de muita poesia e criatividade. Assim foi a 12º edição da Noite Poética, que neste ano homenageou o escritor Carlos Drummond de Andrade. Além das apresentações feitas por alunos e professores, o Colégio Brasilis premiou os vencedores do concurso de poesias.

O evento foi realizado no auditório Manoel Bezerra de Melo, na Universidade de Mogi das Cruzes e reuniu pais, alunos, professores e convidados. Durante a Noite Poética, alunos fizeram declamação de textos produzidos em sala de aula, sob a temática das obras de Carlos Drummond de Andrade. Eles concorreram em três categorias, divididas dentro dos ensinos Fundamental e Médio.

Uma banca de jurados formada por poetas, jornalistas e representantes do setor de Educação avaliou itens como criatividade, coerência, entonação, emoção, vocabulário e unidade rítmica, por exemplo.

Na categoria I, o vencedor foi o aluno Kauê de Almeida e Silva, com o poema “Um poesia”; já o aluno, Caio Alves Carvalho Andrade ficou em 2º lugar com o poema “Tecnologia”. Em terceiro lugar ficou o texto “A melhor lembrança”, de Ana Francisca Bueno Prado.

A categoria II premiou os alunos Ana Beatriz Sugahara Ribeiro, com o poema “Guerra em nome de quem?” (1º lugar); “Vidas distantes” de Laila Tieme Rose (2º lugar) e “A dificuldade”, de Gabriel dos Santos Carvalho.

Na categoria III o vencedor foi o aluno Gabriel Prado Ciaccio, com o poema “O marco da infância”; Samia Akrouch Silva com o poema “A insustentável leveza do ser” e Kaue Seiji Mariano, com o texto “Eu realmente existo.

 

Os jurados também selecionaram os melhores intérpretes. Na categoria I, a aluna escolhida foi Laura Hackenbracht de Miranda Melo. Na categoria II, Paulo Henrique Santana Feijó e na categoria III, Anna Helena Silvestre Di Tório.

“Acho o evento muito importante para esta geração que está chegando. Me surpreendi com a dicção e interpretação dos alunos durante as declamações. A literatura sempre enriquece”, disse o poeta e escritor mogiano, Gedeão Alves, um dos jurados.

 

O jornalista do jornal O Diário de Mogi, Lucas Meloni, também foi jurado e diz ter se surpreendido com o resultado da produção dos alunos. “O que mais me chamou a atenção foi a gramática. Os alunos demonstraram um vocabulário muito rico, fugiram o trivial. Os mais novos, principalmente, também surpreenderam na entrega da interpretação”, disse.

 

Histórico

 

A Noite Poética é realizada pelo Colégio Brasilis desde o ano de 2003 e já homenageou diversos nomes importantes da literatura nacional como, por exemplo,

Vinícius de Moraes, Manuel Bandeira e Cora Coralina. O poeta Mário Quintana foi

homenageado em 2014, ano em que se completou duas décadas de seu falecimento.

 

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *