Colégio Brasilis promove projeto “Artista na Escola”

O mogiano Adriano Mello é o mais novo participante do projeto “O artista na Escola”, promovido peloColégio Brasilis como uma iniciativa de valorização da comunidade artística de Mogi das Cruzes e região. O trabalho do desenhista pode ser conferido no hall de entrada da escola até o dia 6 de dezembro.

A exposição foi aberta oficialmente no dia 26 de novembro. As gravuras trazem imagens dos principais pontos do centro antigo de Mogi das Cruzes. O trabalho é, portanto, muito mais do que arte. Trata-se de um importante registro dos pontos históricos que ainda resistem no município.

No dia 29 de novembro, o artista esteve no Colégio Brasilis para ministrar uma oficina de desenho a um grupo de alunos. Ele forneceu orientações técnicas dentro da sala de aula e, posteriormente, levou os estudantes para o Largo do Carmo, onde puderam reproduzir o que aprenderam na prática.

Os alunos ficaram sentados na praça para contemplar o Casarão do Carmo. Todos fizeram um desenho do imóvel, que é datado do século XIX e foi erguido em estilo Colonial, em taipa e pilão. Nas ilustrações, os estudantes destacaram as grandes portas e janelas da construção que hoje recebe atividades culturais diversas do município.

Histórico

Adriano Mello começou a desenhar ainda na infância. Quando criança, ele usava papel de pão, trazido para casa pela mãe, para fazer as ilustrações. O trabalho começou a se profissionalizar quando foi convidado pelo irmão Daniel Mello a pintar em seu ateliê. Esse foi o começo de uma bela história de amor pela arte.

Antes de se render completamente ao desenho, Adriano Mello chegou a trabalhar como designer gráfico e abriu a agência Ocsso Design, que auxiliou diversas empresas do Alto Tietê nos processos de gestão e criação de marca. Hoje ele dedica-se integralmente à Folium Escola de Arte, que fundou ao lado dos irmãos, o fotógrafo Derli Mello e o artista plástico Daniel Mello.

Há três anos Adriano começou a desenhar paisagens de São Paulo ao lado do artista Carlos Avelino. A experiência despertou nele o desejo de ilustrar também os cenários históricos de Mogi das Cruzes.

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *