Aluna vai para Parlamento Jovem da ALESP

A aluna mogiana Isabella Cristina Maldonado dos Santos, que cursa o 9º ano do Ensino Fundamental no Colégio Brasilis, foi classificada para o Parlamento Jovem, promovido pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Ela foi escolhida para fazer parte do grupo de 47 estudantes paulistas que participarão do projeto na sede do Poder Legislativo. Ao todo, 181 alunos, de diversos municípios, concorreram às vagas do Parlamento Jovem, que será oficialmente realizado nos dias 17 e 18 de novembro.

Isabella tem 14 anos e estuda na unidade de Cezar de Souza do Colégio Brasilis. Ela apresentou um projeto na área de Direitos Humanos. A proposta é que o Governo do Estado crie postos para apoio aos cidadãos com mobilidade reduzida, para distribuição de equipamentos como cadeiras de rodas e muletas. “A ideia é que, depois de usar, as pessoas devolvam o material que poderá ser usado por outros cidadãos que tenham necessidade”, explica a aluna.

O projeto de lei foi desenvolvido por Isabella como parte das atividades da disciplina de História. Após orientação em sala de aula, os trabalhos foram desenvolvidos pela turma e inscritos no Parlamento Jovem pela professora Lívia de Paula Oliveira. O resultado, com os nomes dos 47 estudantes classificados, foi divulgado pela Assembleia Legislativa no dia 4 de novembro. “Eu realmente não esperava, fiquei muito feliz quando soube da classificação”, conta Isabella.

A diretora pedagógica do Colégio Brasilis, Heloisa Melo, destaca que os alunos são incentivados, todos os anos, a participar dos projetos propostos pelo Poder Legislativo, tanto no Estado quanto no município. “O exercício da cidadania começa desde cedo. Os alunos precisam conhecer a importância do debate democrático para que tenhamos uma cidade, um Estado e um país melhores. Dessa forma, eles se tornarão cidadãos conscientes de seu papel na sociedade”, destaca.

De acordo com a Assembleia Legislativa, a escolha dos projetos de lei apresentados pelos candidatos “considerou a adequação formal, correção gramatical, concisão, clareza, pertinência, originalidade e condições de aplicação efetiva”. Os alunos classificados serão recebidos para uma visita e realização de sessão plenária nos dias 17 e 18 de novembro.  

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.