FUVEST: alunos estudaram tema da redação na escola

A redação da Fuvest 2018 abordou o tema “Devem existir limites para a arte?”. O assunto surpreendeu muitos candidatos, mas os alunos do Colégio Brasilis não foram pegos de surpresa. Eles estavam muito bem preparados para redigir a prova! Isso porque, no fim de setembro, as turmas do 3º ano do Ensino Fundamental estudaram exatamente o mesmo assunto em sala de aula!

O tema da redação da Fuvest foi embasado em reportagens sobre a polêmica exposição "Queer Museu", promovida pelo Santander Cultural em Porto Alegre (RS). A mostra falava sobre diversidade sexual e acabou sendo cancelada após uma série de críticas aos organizadores nas redes sociais. Na época,o fato dividiu as opiniões e o assunto foi levado aos alunos do Colégio Brasilis para debate.

Por iniciativa das professoras Fabiana Koba e Yara Almeida, foi realizada uma aula especial, com integração das disciplinas de Artes e Redação. A intenção era preparar os alunos para uma possível abordagem do tema nas provas de vestibular. O conteúdo foi apresentado às duas turmas conjuntamente, durante atividade na sala de multimídia.

Após apresentação dos fatos, as classes foram divididas em dois grupos, que posicionaram-se contra ou a favor da exposição. O intuito era de que os alunos desenvolvessem argumentos fortes para embasamento de suas opiniões. Para finalizar as atividades, foi realizada uma redação sobre o tema proposto.

A diretora pedagógica do Colégio Brasilis, Heloisa Melo, ressalta que a escola tem preocupação constante de dar aos alunos do Ensino Médio uma boa base para realização das provas dos maiores vestibulares do país. “O fato de já terem estudado o mesmo tema da redação em sala de aula, deu aos alunos do Colégio Brasilis a vantagem de estarem bem preparados para a prova. Estamos cumprindo a missão de oferecer um ensino forte e de qualidade”, destaca.